Governo apresenta fundo de mil milhões para reabilitação urbana

Quinta-feira, 13 de Outubro de 2011

O Governo apresentou na terça-feira passada (11 de Outubro) um fundo de investimento de mil milhões de euros, destinado à reabilitação urbana, anuncio divulgado pelo secretário de Estado para a Economia e Desenvolvimento Regional, António Almeida Rodrigues.

Este fundo, denominado Jessica, «tem uma comparticipação tripla, do FEDER, da banca e de fundos privados, numa conjugação de esforços que visa desenvolver projetos de reabilitação urbana», explicou à Lusa o governante, à margem da sétima conferência anual da revista Exame.

O Jessica conta já com três projectos aprovados no seu âmbito, «um que associa o IHRU à Caixa Geral de Depósitos, outro na área do investimento turístico, e um terceiro do BPI», acrescentou Almeida Rodrigues.

A partição do capital deste fundo – que se encontra inserido numa rede europeia, sendo o português o sétimo Jessica a ser lançado – é de 130 milhões de euros do FEDER, cerca de 300 milhões de euros da banca e o restante pertence a fundos privados, indicou ainda o responsável.

A administração do fundo é portuguesa e um total de doze entidades concorreram a este fundo, ainda segundo a mesma fonte à Lusa.

«É um instrumento de apoio à economia que lançamos numa área crucial como é a reabilitação urbana. Responde a uma preocupação de dinamizar o mercado interno. São mil milhões e euros, acaba por ser uma primeira aproximação, que se for bem sucedida poderá potenciar o aparecimento de outros fundos», acrescentou.

Almeida Rodrigues enfatizou que o governo deixará de «investir em obras faraónicas no pressuposto que é isso que vai fazer crescer a economia. É preferível obras de proximidade com valia económica», disse.

Na perspetiva do secretário de Estado, o fundo Jessica tem «essa vantagem». «É um fundo que se auto-sustentará, ou seja, o financiamento feito através do fundo terá que ter um retorno e animar esse fundo, que ao longo dos anos irá financiando outros projetos».

«É uma fiolosofia nova, não de fundo perdido, mas de financiamento aos projectos que terá que ter retorno», concluiu António Almeida Rodrigues.

 

Fonte: sapo.sol.pt

Outras imagens:

Secções: Geral

Últimas notícias

Semana da Reabilitação Urbana de Lisboa 2020

2020-03-02

A sexta edição da Semana da Reabilitação Urbana de Lisboa decorrerá entre os dias 8 e 14 de Abril. O Pátio da Galé  receberá o evento que contará com a presentação do presidente da Câmara Municipal de Lisboa Fernando Medina  e Manuel Reis Campos, Presidente da CPCI/AICCOPN na sessão de abertura do evento.

Ler mais

Semana da Reabilitação Urbana de Porto 2019

2019-10-30

A VI Semana da Reabilitação Urbana do Porto vai decorre no Palácio da Bolsa de 26 de Novembro a 1 de Dezembro, organizado pela Promevi e pela Vida Imobiliária, com o apoio da Câmara Municipal do Porto e da Associação Comercial do Porto.

Ler mais

Inaugurada DS Marinha Grande com obra da CASA VIVA Obras Estilo

2019-09-23

Foi inaugurada mais uma obra da DS Seguros e DS Credito, na Marinha grande, a cargo da unidade CASA VIVA Obras Estilo.

Ler mais

CASA VIVA Obras vence Prémio Cinco Estrelas Portugal 2018

2018-05-02

A CASA VIVA Obras foi distinguida com o Prémio Cinco Estrelas Portugal 2018, que avalia e certifica as melhores marcas do mercado ao nível de serviços e produtos, vencendo na categoria “Obras e Remodelações de Imóveis”.

Ler mais

Unidade CASA VIVA Green ganha três obras de remodelação no valor de 325 mil euros em Lisboa

2017-11-20

A unidade CASA VIVA Obras Green está de Parabéns ao fechar na última semana três contratos para obras de remodelação em moradias na zona de Lisboa que totalizam mais de 325 mil euros. 

Ler mais

Secções: GeralObras CASA VIVACASA VIVAImprensaFranchisingArquiteturaCasas de BanhoCozinhasMoradiasReabilitação UrbanaEdifíciosRemodelaçõesDecoraçãoDesign de InterioresTécnicas e DicasInspiração e TendênciasNotíciasEventos

fale connosco