Fazer obras de remodelação em casa: 3 opções de financiamento

Segunda-feira, 23 de Janeiro de 2017

Crédito e Financiamento para remodelações

Às vezes não dá para adiar mais. A casa já sofre com infiltrações, o telhado precisa de ser reparado, as canalizações precisam de uma "mãozinha", a remodelação da cozinha já não pode esperar. Decide recorrer a obras ou remodelações. E é provável que precise de assumir um empréstimo para fazer face a estes gastos.

Há mais do que uma forma de conseguir crédito para financiar obras de remodelação em casa. Isto é, há pelo menos 3 tipos de crédito diferentes que podem ser utilizados para este fim. São eles o crédito especializado para obras ou remodelações, o crédito pessoal sem finalidade e o crédito hipotecário.

1. Crédito para remodelações: Financiamento até 50.000 €

Algumas instituições, como é o caso da Cetelem, inseriram no mercado um novo tipo de crédito especializado para obras e remodelações. Com um financiamento que pode ir até aos 50.000 € (e a começar nos 2.500 €), serve para cobrir as despesas nas pequenas e grandes remodelações do lar. Dependendo do valor contraído, o prazo do empréstimo pode ser alargado até aos 120 meses.
Este crédito apresenta algumas vantagens: nomeadamente, o financiamento do mesmo é feito a 100% (não necessita de entrada com capital próprio), tem um seguro facultativo de proteção ao crédito, além de ter um processo de aprovação célere (em 48 horas) e sem despesas de contrato nem obrigatoriedade de subscrever outros produtos.

2. Crédito Pessoal sem finalidade: Liberdade de aplicação

Outra opção presente no mercado para quem deseje conseguir financiamento para fazer obras ou remodelações em casa é o crédito pessoal sem finalidade. É um simples crédito ao consumo, mas com uma especificidade: como o próprio nome indica, não precisa de justificar o seu fim. E como é que isto faz diferença para quem pede um empréstimo para remodelar ou fazer obras em casa? Neste caso não precisará de enviar um orçamento para o banco a justificar os gastos que vai ter, coisa que pode ser necessária nos outros pedidos de crédito.
Aqui, a oferta da Cetelem também se destaca com um crédito pessoal sem finalidade que pode conceder financiamentos dos 2.500 € aos 50.000 € a prazos dos 12 aos 96 meses. Este crédito apresenta um seguro facultativo de proteção ao crédito e também mensalidades, taxas e prazos fixos ao longo do empréstimo. Está isento de comissão de abertura e de despesas de contrato.

3. Alargar o crédito à habitação e conseguir uma nova "tranche"

Há ainda uma terceira opção para quem deseja crédito para fazer obras ou remodelações em casa. Caso possua um crédito à habitação a decorrer, pode negociar com o seu banco uma nova "tranche" que cubra o valor necessário para as obras na casa. Há, claro, algumas condições que podem tornar mais fácil a atribuição de crédito: nomeadamente uma boa relação com o banco (ou seja, um bom historial de crédito sem pagamentos falhados nos créditos que já contraiu junto da instituição) e o facto de ter dado uma boa entrada inicial aquando do pedido do crédito à habitação.

Concluindo, e apesar de haver alguns créditos que não o exijam, importa sempre preparar uma orçamentação cuidadosa das obras que fizer. É meio caminho andado para poupar nas obras e não ter "surpresas" de última hora. E é aqui que empresas com experiência reconhecida e equipas especializadas, como é o caso da CASA VIVA o podem ajudar.

Peça-nos já um orçamento grátis.

Este artigo foi produzido em parceria com a ComparaJá.pt, uma plataforma de comparação de produtos financeiros.

Outras imagens:

Secções: Técnicas e Dicas

Últimas notícias

Semana da Reabilitação Urbana de Lisboa 2017

2017-03-27

A quarta edição da Semana da Reabilitação Urbana de Lisboa tem início hoje à tarde e prolonga-se até o próximo domingo, dia 2 de Abril. O Teatro Capitólio, no Parque Mayer, cuja renovação terminou em Novembro de 2016,  receberá o evento que contará com a presentação do primeiro-ministro António Costa e o presidente da Câmara Municipal de Lisboa Fernando Medina na sessão de abertura do evento.

Ler mais

Fazer obras de remodelação em casa: 3 opções de financiamento

2017-01-23

Às vezes não dá para adiar mais. A casa já sofre com infiltrações, o telhado precisa de ser reparado, as canalizações precisam de uma "mãozinha", a remodelação da cozinha já não pode esperar. Decide recorrer a obras ou remodelações. E é provável que precise de assumir um empréstimo para fazer face a estes gastos.

Ler mais

Reabilitar para Arrendar em Vila Real de Santo António

2016-12-03

Vila Real de Santo António aderiu no passado dia 10 de novembro ao programa “Reabilitar para Arrendar – Habitação Acessível” através da assinatura de um protocolo com o Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana (IHRU). O programa “Reabilitar para Arrendar – Habitação Acessível” destina-se à reabilitação de imóveis com mais de 30 anos que se encontrem em estado degradado.

Ler mais

Semana da Reabilitação Urbana do Porto 2016

2016-11-03

O Palácio da Bolsa, acolherá a quarta edição da Semana da Reabilitação Urbana do Porto, que se realizará entre os dias 7 e 13 de novembro.

Ler mais

Vila Nova de Gaia investe quatro milhões de euros na reabilitação de bairros sociais

2016-09-08

A autarquia de Vila Nova de Gaia apresentou esta terça-feira o investimento de cerca de quatro milhões de euros em projetos de reabilitação em 36 bairros sociais.

Ler mais

Secções: GeralObras CASA VIVACASA VIVAImprensaFranchisingArquiteturaCasas de BanhoCozinhasMoradiasReabilitação UrbanaEdifíciosRemodelaçõesDecoraçãoDesign de InterioresTécnicas e DicasInspiração e TendênciasNotíciasEventos

fale connosco